O site da Lá na Roça utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

Conheça os sinais que indicam que você está com excesso de açúcar no sangue e os alimentos ideais para corrigir esse problema

Conheça os sinais que indicam que você está com excesso de açúcar no sangue e os alimentos ideais para corrigir esse problema

Estar com a taxa de açúcar no sangue elevada por um período prolongado pode causar diversos problemas de saúde. Muitas vezes a falta de equilíbrio da nossa alimentação causa essa alteração da glicemia e precisamos estar atentos aos sinais que o nosso corpo dá para regular essa taxa.

Sinais de excesso de açúcar no sangue

1- Fome constante – você come e logo está com fome de novo

2- Boca seca

3- Sede constante

4- Muita vontade de fazer xixi  – faz pouco xixi mas muita vezes por dia

5- Cansaço extremo sem causa aparente

6- Pele ressecada

7- Aumento de peso e concentração de gordura abdominal

8- Vistas embaçadas

9- Dificuldades de concentração

10- Problemas no estômago

11- Problemas de nervos

12- Impotência sexual

13- Cicatrização lenta

14- Infecções recorrentes

Esses sintomas podem aparecer combinados ou isolados, portanto se você consome muitos alimentos com altas taxas glicêmicas e concentração de açúcar, tenha cuidado. Você pode prejudicar muito a sua saúde. Além da má alimentação, existem ainda outros fatores que causam o aumento da taxa de açúcar no sangue, como o estresse, a falta de exercícios físicos, o uso de medicamentos e alguns problemas específicos de saúde.

Alimentos que ajudam a diminuir a taxa de açúcar no sangue

Existem alimentos que consumidos de forma regular e moderada são excelentes para reduzir a taxa de açúcar no sangue. Eles são saudáveis e ainda ajudam a controlar o peso corporal, são eles:
Frutas: maçã, cereja, banana, melão, pêra, limão, kiwi, laranja, melancia.
Legumes: cenoura, brócolis, batata doce, cebola, feijão branco, lentilha, brotos diversos
Sementes, castanhas e grãos: quinoa, grão de bico, nozes, castanha do Pará, farinhas funcionais (coco, banana verde, berinjela, maracujá, linhaça)
Lácteos: iogurte natural.
A melancia merece uma explicação especial. Apesar de ser bem docinha e possuir alto índice glicêmico, a carga de glicemia que ela oferece ao corpo é baixa pois absorvemos rapidamente a energia oferecida por este alimento. Por isso, consumir melancia moderadamente nos dá energia e ajuda a reduzir a taxa de açúcar em nosso sangue.
Fonte:http://www.dicasonline.tv

Envie seu comentário