O site da Lá na Roça utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

Como ver sem óculos – e não importa o quanto ruim é sua visão!Vai adorar saber disto… Leia e saiba 

Como ver sem óculos – e não importa o quanto ruim é sua visão!Vai adorar saber disto… Leia e saiba 

Se você usa óculos, vai adorar saber disto.

É um truque muito legal.

E temos certeza de que em algum momento vai ser útil a você.

Significa que, com este truque, você vai deixar de usar óculos?

Não, não.

Significa que, em alguma ocasião, você pode estar sem óculos e mesmo assim, graças este truque, vai conseguir enxergar.

Todos os que usam óculos já tiveram a dificuldade de não encontrá-los.

Quem usa óculos sabe bem disse.

É comum “perder” este objeto, colocá-lo em algum lugar e se esquecer disso.

Ficar sem enxergar ou ver com dificuldade?

Nada disso!

O que você tem de fazer é usar este truque que ensinaremos aqui e agora.
image: data:image/gif;base64,R0lGODlhAQABAIAAAAUEBAAAACwAAAAAAQABAAACAkQBADs=

Vem com a gente…

O processo é muito simples.

Veja o vídeo e depois nós explicamos:

Viu como é simples o truque?

Basta você fazer um círculo com o dedo indicador e enxergar por meio desse círculo.

É uma espécie de miniluneta que você vai formar com o dedo indicador.

E é só isso.

Seguinte: a íris funciona como uma lente de câmera e dá foco ao que a gente enxerga.

Há um músculo que controla isso com perfeição, dando foco para ver algo mais próximo (embaçando o que está longe) ou para ver algo mais distante (embaçando o que está perto).

As câmeras fotográficas também seguem esse mecanismo de funcionamento.

A natureza é perfeita, não é?

Então, ao fazermos “mini-luneta” com a mão, nós reduzimos os pontos de entrada da luz e colocamos tudo num ponto só.

Com isso, estamos dando foco ao mesmo tempo tanto ao que está perto como ao que está longe , evitando que s imagem fique embaçada.

É o mesmo processo da câmera fotográfica.

Interessante, não é?

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

 

fonte- cura pela natureza

Envie seu comentário