O site da Lá na Roça utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

COMO SE CURAR DE TOSSE PERSISTENTE EM MENOS DE 5 DIAS APENAS COM 1 FOLHA DE REPOLHO E MEL –

COMO SE CURAR DE TOSSE PERSISTENTE EM MENOS DE 5 DIAS APENAS COM 1 FOLHA DE REPOLHO E MEL –

COMO SE CURAR DE TOSSE PERSISTENTE EM MENOS DE 5 DIAS APENAS COM 1 FOLHA DE REPOLHO E MEL

Algumas tosses são muito persistentes, difíceis de ser eliminadas.

Muitos de nós já tivemos esse tipo de tosse.

E é por isso que você agora vai aprender um dos melhores remédios da mecina popular para tratar tosse, mesmo que ela seja “chata” e não queira ir embora.

Este remédio pode ser feito por qualquer pessoa, criança ou adulto.

Coloque o lado do mel sobre o peito do doente.

Coloque sacos de plástico por cima da folha e, depois, cubra com um lenço ou uma toalha.

Faça o procedimento antes de deitar.

Se a tosse é forte, você vai precisar de duas folhas de repolho – uma será colocada no peito e a outra nas costas.

Remova na parte da manhã.

Limpe a pele com um pano úmido ou lave com água o local onde a folha ficou.

Se a tosse for em criança infância, o resultado será visível já após o primeiro procedimento.

O tratamento é realizado de cinco a sete noites.

E rapidamente não haverá nenhum vestígio de tosse.

Os ingredientes ativos do mel e do repolho, e também o calor, contribuem para a redução da tosse e o desaparecimento do processo inflamatório.

Este tratamento com repolho é verdadeiramente mágico.

Mesmo sem mel, ele vai agir.

Mas o ideal, para deixar a receita com o máximo de sua potência, é fazer com mel.

E o bom é que não há nenhuma contraindicacação, podendo ser feita por todas as pessoas de todas as idades.

Faça e comprove.

E repasse/compartilhe esta informação importante com sua família e amigos.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

 

 

 

fonte:http://www.curapelanatureza.com.br

 

Envie seu comentário